Novo estudo da Xylem revela que os chineses estão preocupados com o abastecimento de água

Novo estudo da Xylem revela que os chineses estão preocupados com o abastecimento de água

Com um quinto da população mundial, mas somente 7% dos recursos de água potável, a China deve lidar com problemas complexos no que diz respeito à água. Um novo estudo da Xylem demonstra que 96% da população urbana da China consideram graves os desafios de água de seu país. As principais preocupações incluem a poluição, os efluentes industriais e o consumo excessivo.

O Value of Water Index (Índice do valor da água) da Xylem, um estudo baseado em amplas entrevistas com membros do público chinês e com atores do setor da água, demonstra que 99% dos respondentes acreditam que é necessária uma ação urgente para lidar com os desafios de água da China. Mais de dois terços dos entrevistados estão preocupados com o impacto que os problemas da água podem ter sobre a economia chinesa.

Xylem 2014 Value of Water Index é a terceira parte do estudo, e a primeira a ser realizada fora dos Estados Unidos. O Index foi criado como parte do compromisso da Xylem de ajudar a resolver o desafio global da água, projetado para compreender a percepção do público em geral sobre esse problema central.

As preocupações dos entrevistados da pesquisa são reforçadas por um estudo publicado pelo Ministério de Proteção Ambiental da China, que revelou que boa parte dos lençóis freáticos do país estão contaminados. O estudo, de acordo com a agência de notícias Xinhua, descreve a qualidade da água em cerca de 60% dos 4.778 pontos de monitoramento dos lençóis freáticos da China como “ruim” ou “muito ruim”, ressaltando a gravidade do desafio de água da China.

Encontrando soluções para os problemas de água da China

“Realizamos o estudo Value of Water Index na China para compreender melhor a opinião pública sobre os problemas da água aqui, além de coletar as opiniões de especialistas no setor sobre possíveis soluções”, afirma Shuping Lu, presidente da Xylem China. “Aprendemos que há uma ampla compreensão a respeito da necessidade urgente de lidar com os problemas de água da China e que a maioria das pessoas está disposta a fazer sua parte para ajudar a alcançar este importante objetivo”.

Uma ampla maioria de entrevistados afirmou estar disposta a contribuir para resolver os problemas da água, por exemplo, mudando seu próprio comportamento, preservando a água e investindo mais para poder ter acesso a uma água mais segura e mais limpa. 92% dos entrevistados também apoiam uma colaboração entre o governo e o setor privado para lidar com os desafios.

O governo chinês anunciou recentemente seus planos de investir dois trilhões de iuanes (330 bilhões de dólares) para lidar com os problemas de água do país, com um enfoque especial em melhorar a qualidade da água com investimentos em infraestrutura e tecnologia.

“Está sendo feito um progresso significativo na China”, diz Shuping Lu, “e a Xylem espera apoiar os esforços do governo para continuar identificando e desenvolvendo soluções juntos”.

Para ver na íntegra os resultados do Index, acesse http://www.xyleminc.com/valueofwater/

 

 

by Simon