Solução de bombeamento reduz custos na Itália

Solução de bombeamento reduz custos na Itália

As empresas que trabalham com a coleta, tratamento e descarte de águas residuais enfrentam frequentemente o desafio de ter que minimizar os custos e procurar, ao mesmo tempo, proteger o meio ambiente e melhorar a qualidade do serviço. Uma estação de tratamento de água nos arredores de Cagliari, Itália, testou recentemente uma solução que reduziu os custos e a manutenção, diminuindo o consumo de energia em 35%. 

Na ilha italiana da Sardenha, a limitada pluviosidade faz da água um recurso extremamente valioso e cria um delicado equilíbrio ambiental. A Tecnocasic, uma empresa que presta serviços de água e águas residuais à área industrial de Macchiareddu, nos arredores de Cagliari, na extremidade sul da ilha, trabalha para minimizar seu impacto ambiental transformando os resíduos em recursos. 

“A água tratada é coletada e reciclada para irrigação e uso industrial”, explica Oscar Serci, CEO da Tecnocasic, uma joint venture liderada pelo CACIP (Consórcio Industrial da Província de Cagliari). “Ao mesmo tempo, precisamos garantir o equilíbrio do ecossistema. A lagoa de Santa Gilla, localizada nas proximidades, é um pantanal protegido onde os flamingos fazem seus ninhos, e está localizado, a apenas alguns passos de uma grande área industrial”. 

A Tecnocasic decidiu recentemente testar uma solução de bombeamento sustentável da Xylem. “Estamos continuamente buscando melhorar nossos processos e modernizar nossas fábricas, ao mesmo tempo em que somos muito cuidadosos com a proteção ao do  meio ambiente e com a eficiência”, afirma Claudio Fantera, diretor de água da Tecnocasic. “Isso resultou em longas conversas com a Xylem, nosso fornecedor de sistemas de bombeamento e tratamento de água”. 

Uma solução de baixo consumo energético 

Foram essas conversas que despertaram o interesse de Fantera pelo conceito Flygt Experior da Xylem, uma solução que combina a revolucionária tecnologia-N da Xylem e o sistema de controle Flygt SmartRun. Diferentemente de outros sistemas, que simplesmente ligam e desligam as bombas, o SmartRun foi projetado especialmente para ajustar automaticamente a velocidade rotacional da bomba, de acordo com as necessidades em tempo real da estação de bombeamento. As pesquisas da Xylem demonstraram que esse sistema “inteligente” pode resultar em uma economia energética de até 30%. 

“As soluções oferecidas pela Xylem, como confirmam os nossos dados de manutenção, sempre demonstraram ser confiáveis, e a empresa sempre cumpriu suas promessas”, comenta Fantera. “No entanto, a redução do consumo de energia parecia ser alta demais”. 

Embora receoso por ser a primeira empresa italiana a investir em uma tecnologia inovadora, Fantera reconheceu rapidamente o potencial de retorno do investimento oferecido pelo sistema. Sua decisão de testá-lo foi facilitada pela iniciativa “Try & Buy” da Xylem, que permite que os clientes testem um produto durante um período, após o qual eles podem escolher entre comprá-lo ou devolvê-lo sem custos. 

Uma oferta atraente como esta “somente pode ser feita por um líder, como a Xylem, que conta com uma confiança considerável na qualidade dos seus produtos”, afirma Fantera. 

Os resultados falam por si mesmos: embora os cálculos iniciais realizados no novo sistema indicaram uma economia de 27%, a redução do consumo energético ao final dos seis primeiros meses, que também incluíram os meses de inverno, que são mais exigentes, foi de 35%. Na verdade, o consumo elétrico médio caiu de 191 para 125 kWh por dia, resultando em uma economia anual estimada de cerca de 4.500 euros. 

Leia mais sobre o Flygt Experior e o Flygt SmartRun aqui:

 

http://www.flygt.com/en-us/pumping/experior/pages/default.aspx

 

 

by Simon